sábado, 13 de dezembro de 2008

Coisas do Meu Brasil II - Itabuna - Bahia


Hoje, 14 de dezembro, é o dia da blogagem coletiva intitulada Coisas do Meu Brasil II que foi idealizada pelo blog Leio o Mundo Assim da minha amiga Andréia Motta, propondo que cada Blogueiro participante, fale sobre a sua cidade, mesmo que não tem tenha nascido nela. Na verdade morando em Itabuna, não tenho muita coisa boa pra falar da cidade.
Itabuna é um municipio situado no Sul da Bahia, com uma área de 443.198 km2, é o quinto municipio em população no Estado com 210.604 habitantes segundo contagem populacional do IBGE em 2007, fica atrás de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista e Juazeiro.
Itabuna é a terra natal do escritor Jorge Amado, não é Ilhéus como muitos pensam. Este blogueiro também nasceu em Ilhéus, mas nas indas e vindas da vida, parei por aqui.Por falar em Ilhéus, a cidade situada a 26 kms daqui, é uma ótima opção de lazer para os Itabunenses. Suas belas praias, são convidativas ao turismo. Itabuna não possui praias, tem pouquissimas opções de lazer.
Itabuna é o centro regional de comércio, indústria e serviços, sua importância econômica cresceu nos tempos áureos do Cacau, mas após a queda da Lavoura cacaueira, a cidade tem buscado outras alternativas econômicas.
A cidade possui duas emissoras abertas de televisão: A TV Santa Cruz, que transmite a Rede Globo e a mais antiga da cidade, que por sinal esta semana completou 21 anos, a TV Cabrália, transmitindo a Rede Record, além da caçulinha, a TVI, a Cabo. A Rádio Morena FM, FM Sul, Jornal a Região, Jornal Agora são fortes veículos de comunicação na cidade, além das Rádios AM, Rádio Jornal e Rádio Difusora, esta última extremamente tendenciosa, que pertence ao atual prefeito da cidade, já em fim de mandato.
Itabuna já foi e tenta ser novamente o maior Pólo de saúde do interior baiano, atendendo mais de 100 cidades da região. Perdemos este posto devido a administrações desastrosas e quase nenhum investimento na área mais necessitada da população.
Sofremos recentemente com o racionamento de água, devido a falta de chuvas.
Enfim, a Itabuna, só falta bons administradores, politicos que realmente tenham vontade e interesse de ver e fazer a cidade crescer. Mesmo sem praias, com vontade política, Itabuna se tornará uma cidade em que os moradores se orgulharão de viver e ter nascido, sem dúvida.






7 comentários:

Brasil na Italia disse...

@Rick,
Passei aqui só para dar um alô e vim conferir o seu post sobre a blogagem coletiva.
Inté!

Andréa Motta disse...

Ricky, adorei ler sobre Itabuna e isto se dá por um motivo bem particular: meu avô nasceu aí. Muito obrigada por me falar da terra de meu avô!

Urbano Leonel Sant' Anna disse...

Pronto, Ricky!

Agora já sei um pouquinho sobre Itabuna.

Esta blogagem coletiva sobre o Brasil está excelente! Há muita coisa a aprender sobre a nossa terra e esta é uma ótima oportunidade!

Sensata Paranóia

joão áquila disse...

deu saudade de minha terra natal,
Itabuna, faz uns cinco anos que não há vejo

Luiz Ramos disse...

Linda e muito importante a sua terra. Rica em história e produtos, além de sua natureza exuberante.

Serena Flor disse...

Esta blogagem está nos dando a chance de conhecer o nosso Brasil, tão pouco conhecido por nós brasileiros e também a chance de conhecer novos amigos e isto é muito bom! Beijos e parabéns pelo seu post...ficou ótimo!

Su disse...

Ain, um blogueiro baianoo?!! Não acredito!!!
Eu conheço Itabuna apenas de passagem, mas sempre vou a Ilhéus e Itacaré, cidades lindas e lindas!!!
Beijão