quinta-feira, 15 de abril de 2010

As "inocentes" pulserinhas estão dando o que falar


Já falamos aqui muito antes da explosão da mídia, sobre as pulseirinhas coloridas -- as famosas pulseirinhas do sexo -- que migraram da Inglaterra para o Brasil, e não gostamos de explorar determinados assuntos como a mídia conservadora faz a fim de vender sangue, desgraça e podridão aos "inumanos" ávidos por este tipo de notícia. Mas depois da morte de duas adolescentes usando os "inocentes apetrechos" e do estupro de uma menina de 13 anos por quatro colegas de classe, vamos esmiuçar algumas boas matérias sobre o assunto:

Após a proibição em Londrina-PR onde ocorreu o estupro e em Manaus - AM onde duas adolescentes foram encontradas mortas, chegou a vez do Rio de Janeiro, e oxalá sejam proibidas em todo Brasil, até que eles encontrem outra forma de se comunicar: "Oi, eu já faço sexo, topas?"

Vejam a excelente reportagem da Revista Brasil Atual sobre o assunto aqui e a matéria abaixo sobre a proibição no Rio de Janeiro

Prefeitura do Rio proíbe "pulseiras do sexo" e bonés em escolas públicas

Da Folha Online

DIANA BRITO
da Sucursal do Rio

A Secretaria Municipal de Educação do Rio baniu o uso das "pulseiras do sexo" e boné ou similar entre alunos das escolas da rede pública. O veto dos adereços foi publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial do município.

A proibição começa a valer a partir de hoje. Os professores também podem apreender, por até dois dias, telefones celulares que forem utilizados em salas de aula.

As normas fazem parte do Regimento Escolar, uma resolução da secretaria de Educação. O documento estabelece regras que devem ser cumpridas por estudantes e professores.

Os estudantes que não cumprirem as normas poderão ser punidos com reparação de danos à escola. As "pulseiras do sexo" estão englobadas no item que veda o uso de adereços que expressem insinuações sexuais nas dependências da unidade escolar.

Os alunos também serão punidos em casos de agressão física, verbal ou eletrônica a outro estudante, professor, funcionário da unidade de ensino ou demais representantes da comunidade escolar.

País

Com a decisão da Prefeitura do Rio, agora somam ao menos seis cidades em que é proibido o uso das "pulseiras do sexo". As outras cidades que também baniram o adereço são: Manaus, Campo Grande e Londrina, onde está proibido a venda e o uso. Além de Maringá (PR) e Navegantes (SC), onde o uso das pulseiras está proibido nas escolas.

As pulseiras surgiram na Inglaterra e, recentemente, viraram mania no Brasil. O enfeite também é usado em um "jogo". Quem arrebenta o acessório recebe uma retribuição sexual da dona da pulseira. Se ela for roxa, vale beijo de língua; a preta, sexo.

do Bodega Cultural

11 comentários:

Aledemir Junior disse...

É um absurdo essa brincadeira, parabens as proibições.
Já temos problemas demais com nossos jovens e nossas crianças.

Principe Encantado disse...

Por que sempre para o mau, seria bom se pegasse a moda de ler a Bíblia, não acha?
Abraços forte

Diego Jr disse...

Seria bom se o "proibido nas escolas" realmente fosse levado a sério. Tem professor que nem olha a cara do aluno, que dirá olhar se usa as tais pulseirinhas.

abçs

Cristina Oliveira disse...

Acredito que cabe aos pais a restrição do uso da mesma, já que uma coisa tão banal como uma pulseirinha está causando tantos problemas...

Multiflora Ltda disse...

Vergonha mundial. Quem inventou este jogo deve ter uma mente muito doentia. Doente também quem passa esse jogo adiante como se fosse uma coisa normal.

Erich disse...

Eu até acredito que começou de forma inocente e como uma brincadeira de criança...mas agora tomou proporções enormes e se a família não se impor neste momento e fazer prevalecer os principios básicos nada vai adiantar....o futuro destas crianças será duvidoso

Marivan disse...

São nas coisinhas insignificantes que satanás lança para assim enganar muita gente, o mundo jaz no maligno e ele está a solta tentando tragar a muita gente e o alvo principal são as inocentes criancinhas atravez de inocentes modismo,
ficamos alerta pois o diabo é um ladrão que vem senão para roubar, matar e destruir, porém JESUS disse: eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.
Desejo um fim de semana abençoado para todos Dihittianos,
Abraços MARIVAN

Gabriel Cavalcante disse...

Ainda acho que proibir essas pulseiras não vai adiantar em nada, ainda vai existir violência sexual do mesmo geito... Realmente temos que tomar cuidado com esse tipo de coisa, certa vez pocaram uma pulseira de minha amiga!!!! Não sei o que aconteceu depois, mas isso tá em todo lugar.

isaac disse...

Momento oportuno, para discutirmos, e está a hora da família dar as cartas, não podemos concordar com este tipo de coisa, é um absurdo, e lamento pelas vítimas desta brincadeira de mal gosto.Ao meu ver igreja e família são primordiais nesta hora.

Roniel A. disse...

Amigo Ricky, essa brincadeira virou gerou uma grande polêmica, e deve ser proibida mesmo, mas tem que ter monitoramente para que a proibição seja levada a sério. Abraços. Roniel.

Maria Lucia Parello disse...

Que loucura isso, eu não sabia disso.
parabéns pelo post
bjus
pat