segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Wagner diz: "No meu Governo não"

O governador Jaques Wagner afirmou ao site Terra Magazine que Geddel Vieira Lima (PMDB) pode até concorrer ao cargo máximo do executivo estadual em 2010, mas que não promoverá sua campanha e aumento de prestígio usando o governo petista como plataforma. Wagner afirmou que a campanha montada pelo PMDB no segundo turno usou da lógica antipetista e com duras críticas ao seu governo classificadas por ele como desnecessárias. Entretanto, o trecho mais forte da entrevista ao jornalista Bob Fernandes foi relativo à futura composição dos adversários. “Geddel, pelo que tudo indica, está construindo 2010, o que é um direito dele. Só que, obviamente, ele não irá construir 2010 dentro do meu governo... Se ele quer ser candidato, e repito que é um direito dele, não será construindo sua candidatura dentro do meu governo.”

3 comentários:

Luís J P disse...

Se for pela vontade política que Geddel tem, facilitado pela preguiça e vaidade de Wagner, o que nos veremos em 2010 vai ser a vitória de Geddel para o governo do estado da Bahia no 1º turno.
E pelo que percebo Lula gosta é de estar com quem tem para mostrar, e pelo tanto que prometeu um governo petista, o povo baiano ainda não esta vendo nada.

Anônimo disse...

O Wagner até agora não disse a que veio e tem se mostrado um inoperante. Faz um ano que a Fonte Nova sofreu um acidente e ele no dia seguinte prometeu demoli-la e até agora nada fez. No interior, onde moro, não existe uma unica obra do seu governo. Em Salvador tambem nada. Passa o tempo a viajar para outros paises como se estivesse em ferias eternas. Pobre Bahia que nem bem se livra de um valentão, ganhou agora um beberrão.

Anônimo disse...

Coisa boa é ver o PT com a cara descoberta!!!
O PT hoje é um "Partido de Traíras"
Hoje não existe mais petismo, existe mesmo é "peitismo", elessó querem MAMAR!!