quarta-feira, 5 de novembro de 2008

MP quer cassação de vereador e prefeito eleitos em Itabuna

O Ministério Público Eleitoral pediu à Justiça a cassação do prefeito eleito de Itabuna, Capitão Azevedo (DEM), e do vereador reeleito, Milton Gramacho (PRTB), por suposta compra de votos. O fato que levou à denúncia foi a prisão de um cabo eleitoral dos dois candidatos praticando a corrupção eleitoral em plena rua no dia da votação, no início do mês passado, com dinheiro, títulos de eleitor e uma camisa do candidato a prefeito (ver nota). O juiz encarregado do processo é Marcos Bandeira, da 28ª Zona Eleitoral. Azevedo anunciou por meio de sua assessoria de campanha que não está preocupado com o processo e que a obrigação do MP é investigar as denúncias de irregularidades do período eleitoral.

do Bahia Noticias

Um comentário:

Guimarães disse...

Olá Ricky!
Vim aqui seguindo seu rastro do Dihitt.
Gostei das notícias de Itabuna.
Recanto de Jorge Amado.