terça-feira, 18 de novembro de 2008

Jornal Denuncia esquema de desvio de água

A cidade de Itabuna, que sofre com o racionamento de água devido à estiagem na região, descobriu que a empresa que presta os serviços ao consumidor pode estar abrigando um esquema de desvio do líquido em troca de dinheiro. De acordo com informações, uma quantidade de 7 mil litros de água sejam distribuídas com exclusividade pela Emasa para qualquer pessoa disposta a pagar R$ 250 em dinheiro, enquanto cerca de 5 mil litros custariam, no abastecimento comum, R$ 33. na noite do último sábado (15), a polícia Militar evitou que 15 mil litros em um carro-pipa fossem desviados da empresa para usuários que contrataram o esquema. Apenas o motorista do carro, que tentava sair da sede da companhia com uma autorização falsa, foi preso. A procuradoria jurídica da Emasa prometeu investigar o desvio.

Leia mais: Jornal A Região

Nota do Blog: Aqui, tudo acontece, e ninguém toma providências. Cirurgias estão sendo canceladas por falta de água, vidas são colocadas em risco, e fica tudo por isso mesmo.

Leia Mais:
http://blogdoricky.blogspot.com/2008/11/falta-de-gua-cancela-cirurgias-em.html

.

Um comentário:

Geografo.Jose.Carlos.Jr disse...

Ricky, parabéns pela postagem. É um problema grave, principalmente quando se trata de bem público e sob responsabilidade de empresa responsável por sua gerência. Abraços.