quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Projeto desenvolvido por jovens é destaque nacional

O projeto Cinema Rural – o Mundo da Libertação, desenvolvido pelo Coletivo de Jovens de Tucano (COAJ), foi eleito pelo Banco do Nordeste como uma das cinco melhores experiências dentre mil projetos aprovados no edital de microprojetos culturais em todo o Nordeste do país.

No dia 07 de agosto, um representante da Superintendência do Banco do Nordeste do Estado da Bahia, Gabriel Lemos, e do gabinete da Presidência da Área de Gestão Cultural, Tibico Brasil, se reuniram em Tucano com jovens do Coletivo para gravar um documentário sobre a experiência do projeto Cinema Rural, que será divulgado em todo o Nordeste como exemplo de experiência inovadora na área cultural.

“O Projeto é uma experiência muito importante na área audiovisual porque traz à tona a realidade cultural da região e principalmente porque foi e é feito por jovens rurais, na grande maioria filho de agricultores familiares. É uma experiência que precisa ser conhecida em todo Brasil”, declara Tibico Brasil.

Para David Andrade, representante do COAJ e coordenador do Projeto na cidade, esse reconhecimento é muito importante. “Quero agradecer os jovens que fizeram parte desse projeto, em especial os das comunidades de Quixaba Santa Rita e Cana Brava, os quais foram protagonistas deste projeto”, disse.

MEMÓRIA - 20 jovens de quatro comunidades rurais de Tucano participaram de uma formação em produção de vídeo através do projeto intitulado Cinema Rural – O Mundo da Libertação. Os jovens, depois da formação, criaram documentários que retratam as manifestações culturais e artísticas das comunidades envolvidas, além de identificar os problemas existentes em cada localidade. Os jovens têm entre 17 e 29 anos e são moradores das próprias comunidades beneficiadas: Quixaba Santa Rita, Canabrava, Pedra Grande e Beira do Rio. Do Blog Alô Sisal - Juventude, Comunicação e Transformação Social


4 comentários:

Ródrio disse...

Maravilha de projeto. Iniciativas como essa deveria ser tomada com mais frequência, não só na área cultura, mas em todos os segmentos e envolvendo jovens, inclusive os considerados de baixa renda. Muito bom - é incentivo. Valeu, amigo.

J,Aparecido Vieira disse...

É uma excelente iniciativa
Parabéns

Expedito Dias disse...

Bom saber que projetos como esse estão de fato bem mais perto de pessoas e dão a elas a acessibilidade a estar ARTE que sempre encantou a todos e sempre nos enche de magia. Esta arte de contar histórias através de imagens que se movimenta.
Grande abraço

LISON COSTA disse...

Saudações!
Amigo:
Uma matéria de grande relevância sócio cultural. É o aprendendo fazendo. Com certeza os documentários serão indispensáveis no amanhã como fonte de pesquisas de grande parte da clientela estudantil além de levantar a estima de toda a comunidade.
Parabéns aos idealizadores do projeto!
Parabéns por mais um excelente Post!
Abraços,
LISON.